A COBERTURA INDÍGENA NO JORNALISMO | FESTIVAL 3i 2022

A Ajor chamou a gente pra chegar junto e deixar o @Festival 3i ainda mais legal e diverso! Neste vídeo, trouxemos Samela Sateré-Mawé para dar dicas da hora para jornalistas, comunicadores e creators que queiram abordar a pauta indígena no universo das notícias.

Sam explica as manhas que vão desde a apuração, escolha de fontes, termos que não devemos usar, perfis de pessoas bacanas para seguir e, claro, o processo de publicação para construir um material relevante e respeitoso sobre temáticas indígenas.

#DáUmReload e comenta aqui embaixo o que vocês acham que falta na cobertura jornalística sobre povos e territórios indígenas!

Para mais informações, acesse https://festival3i.org/festival/festival-3i-2022/ e participe do Festival 3i! É gratuito! 😊

Acompanhe o Festival 3i também nas outras redes 👇
Youtube: https://www.youtube.com/Festival3i
Instagram: https://www.instagram.com/festival3i/
Twitter: https://twitter.com/festival3i

Links e perfis que a Sam mencionou no vídeo:

Copiô. parente | https://open.spotify.com/show/6AaTJaUXByqGC0A9FYwXeR
@Amazônia Real | https://amazoniareal.com.br/
Elaize Farias @elaizefarias
Tarisson Nawa @tarissonnawa
Renata Tupinambá @aratykyra
Ariene Susui @ariene_susui
Flávia Xakriabá @flavia_xakriaba
Mayra Wapichana @mayra_wapichana
Djuena Tikuna @djuena_tikuna

#Festival3i2022 #VidasIndígenasImportam #ParceriaPaga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.